Thursday, June 21, 2007

Mãe e Pai Ervilha




Top Tri de conselhos da Mãe Ervilha:

“A educação e os estudos são o mais importante”
Resultado: passei os meus primeiros 32 anos no sistema de ensino, 14 dos quais em universidades.

“Nunca dês confiança a porteiras, empregados, motoristas e essa gente”
Resultado: sou um snob insuportável mas voto sempre na extrema esquerda (uma no cravo, outra na ferradura)

“Por favor nunca me menciones nessa coisa do blog, deserdava-te imediatamente”
Resultado: está à vista!


Top Tree de conselhos do Pai Ervilha:

“Se vires uma aberta, chuta mesmo com o pé esquerdo”
Resultado: Rotura dos ligamentos cruzados do joelho direito

“Não te deixes enganar pois: au loin par derrière tout les femme sont jolie
Resultado: Mudei as lentes dos óculos

“É muito importante fazeres xixi logo a seguir”
Resultado: urinei ainda com o preservativo posto, o que resultou num dos momentos mais humilhantes e inesquecíveis da minha vida. Como circunstância atenuante posso referir que já não estava dentro da minha namorada. Se alguma vez leres estas linhas, minha cara Zélia Azimute (como poderia alguma vez esquecer o teu nome, é que eu nunca te disse, mas para além de teres sido a minha primeira, tens um nome mesmo horroroso), continuo a pedir o teu perdão, mais de vinte anos depois...

PS: Não sou religioso mas acredito que as pessoas quando morrem vão para a blogosfera e/ou para o espaço cibério. E a ti meu, querido JP, já ninguém te tira daqui!

4 comments:

rita maria josefina said...

com 15 aninhos e com este discurso?? ai se a mãe te apanha levas tau tau no rabinho e já não vês mais dragon ball durante a semana!

Ervilha Escriba said...

Ó Rita, não sabes que a esperança média de vida das ervilhas é muito diferente da dos humanos? 15 anos corresponde à plenitude ervilhal albinal!!!

Anonymous said...

20 anos!?!?!

Ervilha Escriba said...

Sim, foi há mais de 20 anos. Tinha aí uns menos cinco (-5) anos.