Monday, May 5, 2008

Regras Para as Mulheres Durante o Europeu de Futebol

Recomendações extraordinariamente importantes, quiçá VITAIS, para mulheres, esposas, amantes, namoradas, noivas, alternadeiras a tempo inteiro, mães, irmãs, filhas, enteadas, sogras, noras, cunhadas, mulheres-a-dias e fêmeas em geral.

Este conjunto de regras deverá ser afixado em zonas de destaque nas vossas casas, locais de trabalho e antros de diversão nocturna antes do início do Campeonato Europeu de Futebol.

Lista de Regras:

1. De 7 a 29 de Junho de 2008 devem ler diariamente os jornais desportivos (Record, A Bola, O Jogo), edição em papel, de modo a saberem o que se está a passar no Europeu e por forma a conseguirem integrar-se nas conversas dos adultos. Se não cumprirem esta regra ficarão malvistas, sentir-se-ão ostracizadas e serão totalmente ignoradas. Depois NÃO SE QUEIXEM de não receberem atenção alguma.

2. Durante o Europeu a televisão é minha, a tempo inteiro, sem qualquer excepção. Se se dignarem sequer a olhar para o controle remoto serão punidas exemplarmente.

3. Se tiverem mesmo que passar defronte da televisão durante um jogo, eu não me importo desde que gatinhem ou rastejem sem me distrair. Se, por alguma razão, decidirem pôr-se todas nuas à frente da TV, façam-no sem obstruir o meu ângulo de visão e com a preocupação de se voltarem a vestir rapidamente, pois eu não tenho tempo para tomar conta de vocês ou de vos levar ao médico, caso se constipem.

4. Durante os jogos eu serei cego, surdo e mudo, a menos que necessite de mais uma cerveja ou de um snack ligeiro. Estão completamente loucas, lélé da tola, se esperam que eu vos oiça, abra a porta, atenda o telefone ou apanhe o bebé que caiu da varanda para a rua.

5. Será boa ideia, aconselhável até, manter um stock razoável de cerveja fresca no frigorífico e uma variedade assinalável de salgadinhos do dia e NÃO fazerem caras esquisitas aos meus amigos oprimidos que não têm sport tv e que vêm cá a casa assistir aos jogos.

6. Por favor, por favor, por favor!!!! Se me virem completamente doente da bola, desvairado da cabeça, alucinado dos carretos porque Portugal está a perder, NUNCA, MAS NUNCA digam coisas do género “deixa lá, é só um jogo” ou “não te preocupes, ganham para a próxima”. Se me disseram estas coisas, não só eu fico mais zangado como vos passarei a amar ainda menos. Lembrem-se que nunca saberão tanto de futebol como eu e que essas palavras condescendentes só levarão a separações, corte de relações, divórcios e batalhas legais pela custódia do bebé (caso ele tenha sobrevivido à queda).

7. Se quiserem podem sentar-se a meu lado durante um jogo desde que não me toquem e respirem sem fazer barulho. Podemos até conversar sobre futebol ao intervalo caso o resultado da primeira parte seja do meu agrado. Reparem que eu escrevi “um” jogo, o que significa que não podem usar o Europeu como uma desculpa esfarrapada para “passarmos mais tempo juntos”.

8. As repetições dos golos são muito, muito importantes. Não me interessa se já as vi ou não, pois quero sempre revê-las. Muitas vezes.

9. Digam às vossas amigas para não parirem durante o Europeu e para não organizarem casamentos, baptizados, aniversários ou qualquer tipo de evento envolvendo crianças que requeira a minha presença, porque:

a) Eu não vou

b) Eu não vou e

c) Eu não vou

10. Por outro lado, se um amigo meu, com uma televisão maior, nos convidar para irmos ver um jogo a casa dele, iremos sem pensar duas vezes.

11. Os resumos diários, as entrevistas e as reportagens sobre o que foi o almoço dos jogadores, sobre a alegria dos emigrantes ou os novos brincos do Cristiano Ronaldo são tão importantes como os próprios desafios. Em caso de dúvida releiam a regra número 2.

12. Finalmente, coíbam-se de usar expressões como “Graças a Deus que é só de 4 em 4 anos”. Eu sou imune a estas palavras pois logo a seguir temos os Jogos Olímpicos, recomeça a Champions League, o campeonato nacional, o apuramento para o Mundial 2010, etc,etc.

Obrigado pela vossa cooperação. Depois, se se portarem bem, compro-vos um corneto ou um perna-de-pau.

Com os melhores cumprimentos,

Ervi

Texto de autoria desconhecida, traduzido, adaptado para a realidade lusitana e substancialmente melhorado pelo Je.

8 comments:

Gi said...

Tenho impressão que há mulheres que tomarão como suas estas pérolas que tu aqui debitas.
E blogar, blogas?

Catarina Morgado said...

Estou contigo Ervi, como fã incondicional da bola que sou...no entanto, paira uma dúvida após leitura exaustivamente atenta do teu texto:
Em concreto, a que tipo de punição te referes no ponto 2??

Saudações benfiquistas ou patrióticas, neste caso.

MiSs Detective said...

é tudo maluquinho é o que é

Mighty Aphrodite said...

ora aí é que está! as coisas já não são assim tão lineares, de modo a que estas regras se apliquem apenas a mulheres. eu concordo com elas e imagino-me a ditá-las a amigos meus que não ligam nada à bola. mas confesso que achei particular piada à questão do "digam às amigas para não parirem, casarem e coisas do género" durante o Euro 2008.

CC said...

Isso é tudo verdade, mas espero que a selecção de todos vós se fique pela primeira fase (de preferência, com três humilhantes derrotas).

cba BDS said...

já tenho uma cópia impressa e afixada por cima da tv, depois não digam que não foram informadas a tempo...

Ana Rita Gomes said...
This comment has been removed by the author.
Ana Rita Gomes said...

Vemo-nos dia 29! Depois cobro-te um corneto de chocolate!