Monday, July 28, 2008

Alerta Vermelho

De modo a aumentar o nível de agressividade nas suas fileiras o exército norte-coreano decidiu proibir o uso de contraceptivos orais. Daí à ocorrência de um efeito McClintock em larga escala foi uma questão de meses. Assim, de forma simples, económica e rápida, o quarto maior exército do mundo tornou-se de tal forma poderoso que os seus líderes se deram ao luxo de atirar um osso ao ocidente, aceitando renunciar ao fabrico de armas nucleares. Afinal de contas, o que é a bomba atómica quando comparada com centenas de milhares de mulheres sanguinárias em fúria?

5 comments:

maria teresa said...

Utopia

Nikky said...

Que ninguém duvide que uma TPM vivida em simultâneo possa ser destrutiva de uma forma ainda nunca vista!

ZaniNE said...

Desconfio que se tornará na arma mais mortífera da história da humanidade...

Homens p'ra que te quero!

Osga said...

Não são precisas centenas!

Basta uma mulher zangada :D

nagareboshi said...

ah ah eu acho que eles esgotaram o orçamento para a bomba em pensos higiénicos e tampões...aquilo de desistirem foi so para não ficarem com o orgulho tão ferido XD
realmente eu até podia ser o presidente dos estados unidos com todo o poder nuclear do meu lado mas tenho a certeza de que nada poderia fazer contra centenas de mulheres com TPM, a mulher com TPM pode tornar-se num bicho diabólico, a ira da TPM transforma as mulheres numa espécie de Hulks mas sem serem verdes ...tenham medo muito medo! e bem dita seja a pílula!