Friday, July 11, 2008

Na Casinha Com Ervi (Fim de Trilogia)

Trono de porcelana de linhas clássicas, já sem tampa que é para evitar as discussões. Corrimões em alumínio reciclado para visitas de mobilidade reduzida e/ou de espírito aventureiro. Intercomunicador metálico de emergência com design futurista para chamar o mordomo caso falte o papel Renova branco sujo de folha quádrupla.

Tampo em mármore de veio leitoso de Vila Viçosa e ladrilhos Romanos genuínos de Conímbriga (não digam nada ao IPPAR!). Misturadora em bronze, modelo ergonómico, meia haste de ângulo invertido, numerada e limitada a 10 cópias. Água do Luso, sim leram bem, sou fino.

Finalmente, e a pedido da Restelo, deixo-vos com um pormenor do chuveiro onde podem apreciar o meu primo, Amendoim Mendel, às apalpadelas depois de lhe ter entrado um pinguinho de champô de leite de amêndoa doce para o olho.

5 comments:

Pips said...

Qual Eça! As descrições do teu lar são mais precisas do que as inifintas linhas dedicadas ao "Ramalhete"....e de maior poder de visualização também! As imagens ajudam, verdade seja dita...
Bom gosto, sem duvida.

Osga said...

Não aprecio a misturadora.
Bronze é cor que não gosto!

btw, rss is now active.

nagareboshi said...

XD

Restelo said...

Eheheh, EU SABIA!!

paddy said...

O pior é que não me admirava se a tua casa fosse mesmo assim.

'Fosse mesmo? Mas é mesmo.'

Sim, já sei.