Tuesday, December 9, 2008

As Horas

Sou um urbano-citadino empedernido. De tal forma que sempre que me abordam na rua eu não dou a mínima hipótese e rosno de imediato “seja o que for não estou interessado!”. Certa vez, uma miúda toda jeitosa passou-se comigo e respondeu-me “fod@-se, deves ser muita bom! Eu só queria saber as horas”. Eu, claro, não tive alternativa e ri-me (já mencionei que ela era mesmo boa?), para de seguida a despachar com o clássico “o que tu queres sei eu!”. Ela chamou-me todos os nomes e mais algum. Eu fiquei muito impressionado como é que num corpo tão maneirinho cabia tanto conhecimento escatológico. Aposto que andava a estudar gastrenterologia.

7 comments:

Osga said...

Mete nojo antes?!

najla said...

E se acrescentasses ao "o que tu queres sei eu, cabra"....ou outro animal qualquer, verias de certo, uma enciclopédia completa....lolol

Tere said...

Caso para dizer: não negues à partida uma pergunta/comentário que não conheces... pode ser que tenhas sorte!

gir@f said...

és "muita" bom?????
MOSTRRAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Ervi Mendel said...

Gir@f,
O post diz "deves ser" e não "és", o que é de todo diferente. Sendo uma afirmação de terceiros vale o que vale, mas de qualquer modo se mostrares a tua, eu mostro-te a minha! :P

IMP said...

Dude,

cada vez que leio o teu blog lembro me deste cartoon:

http://uk.youtube.com/watch?v=uNYXXYlNfrQ

Cheers

nagareboshi said...

oh meu Deus...eu tenho uma amiga assim...é bonita mas quando toca de dizer uma asneira manda logo o repertório todo...e no final da discussão ainda diz " vê lá se não queres que te corte o cabelo á chapada"