Saturday, February 28, 2009

Próstata Para Que Te Quero

Descobri que o tão propalado exame à próstata pode ser adiado até aos 45 anos, sem riscos de maior. Em consultas bilaterais com vários amigos descobri que: um tem medo, outro tem medo de gostar, outro tem receio de não adorar, outro quer que seja um velhote com o polegar e outro uma mulher com o mindinho. Eu por mim, desde que tenham as unhas curtas, massagem suavemente num movimento circular e saibam o que estão a fazer, não quero saber. Sim, experiência é essencial, pois não há coisa mais frustrante do que alguém estar dentro de nós a precisar urgentemente de formação.

12 comments:

PKB said...

ahahahah! Podes crer!

Bjocas!

ML said...

Os homens têm de começar a ser mais corajosos! As mulheres vão ao ginecologista desde adolescentes e não vêm nisso um bicho de sete cabeças! Já agora, Ervi, não tinhas só medo de três coisas? Armas de fogo apontadas a ti, mulheres bonitas e cantores de ópera? Então? ;)

Ervi Mendel said...

ML,
Eu sou o do "tem receio de não adorar"! Como tal é mais esperança do que medo...

Restelo said...

Sem dúvida...

maria teresa said...

Estou num dilema, não sei se estás "melhor" se estás "pior".

Mas gostava de saber és dos que espera pelos 45 anos para fazer o exame??? Porque não experimentares já e relatares a experiência com todos os pormenores....
:)

Gingerbread Girl said...

Mas olha que este blog tem muitos posts que parecem escritos por alguém com problemas de próstata. =|

Se fosse eu a ti, perdia o medo de não adorar e ia à consulta.




*

Sanxeri said...

Não é nada de mais, certamente. Demasiado preconceito em volta de um simples exame médico.

Carolina said...

ganha coragem e experimenta...
e mesmo que adores...


eles sao teus amigos na mesma xP

Anonymous said...

Uma ervilha com medo do exame da próstata?
Uhm .... estou intrigada confesso... :)
Y

Mozka Tché Tché said...

Tens amigos muito marados!!!
:)
ahahahahahaha

deKruella said...

Ora aí está uma boa solução para quando um exame médico nos pode preocupar: Exames bilaterais com amigos ;)

T said...

No outro dia, à mesa, enquanto cravava um jantar à minha mae, o meu padrasto disse acerca do seu primeiro "toque":

"Por acaso, estava à espera de gostar mais, nao achei nada de especial..."

Eu e o meu irmao olhámos para ele, olhámos um para o outro e só nao nos urinámos por respeito ao senhor.