Monday, June 25, 2007

A Pausa


Não é drama nenhum, ainda não é a andropausa, apenas uma pequena pausa com Kit Kat para retemperar as forças.

A minha Musa está completamente esfrangalhada e não aguenta este ritmo intenso de uma ou duas por dia (“postagens”). Já pensei em fazê-lo sem a Musa, a solo e sem rede, mas não é a mesma coisa pois sinto-me ainda mais adolescente do que num dia normal.

Por outro lado, Eu escriba, também vou ter de me ausentar do país por motivos de força menor. Juro defender a minha Pátria e tentar postar qualquer coisinha de lá de longe, para além da Taprobana.

Como “quem vos ervilha vosso amigo é” deixo-vos com o top ten de coisas que devem fazer antes de andar de avião, em especial, se padeceram desta terrível enfermidade do “terror do ar”. Ervilhinha voa voa não é natural, natural é cada um usar os meios de locomoção com que Deus o providenciou.
  1. Diarreia
  2. Xanax ou Xanax XR 1mg, as vezes que fôr preciso
  3. Comer com extrema moderação, de preferência coisas que não cheirem muito mal caso haja necessidade de regurgitar. Nunca comer, nem beber durante o voo
  4. Beber Whisky de 15 anos, 2 pedras de gelo, 4 vezes de “penalty”. Isto é muito importante pois além dos efeitos habituais ainda potência em cerca de 30% a eficácia do Xanax
  5. Usar roupas leves, muito largas e confortáveis, tampões de ouvidos, máscara para os olhos e manter o saco de vómito por perto. Não falar com ninguém e não ouvir/ler os conselhos de segurança
  6. Fumar desalmadamente antes de embarcar, mesmo que seja um voo curto (N.B.: para mim não existem voos curtos!). Caso tenham dificuldades motoro-pulmonares em fazê-lo devido ao álcool e ansíolitos que já emborcaram, utilizem um daqueles autocolantes de nicotina (dos mais fortes, 21mg/dia). Agora não tem nada a ver, mas estes autocolantes também são óptimos para manter os níveis de nicotina estáveis no organismo enquanto dormem
  7. Mais diarreia
  8. Rezar, mesmo que sejam ateus, agnósticos e atudomais (neologismo ervilha). Eu gosto muito de pedir à Nossa Senhora da Velocidade de Cruzeiro de Camarate; outra boa opção é Santo António da Portela Mais Um
  9. Vestir roupa interior cor-de-rosa. Isto não é uma superstição, é um dado estatístico. Já andei centenas de vezes de avião usando calcinhas cor-de-rosa e nunca houve problema nenhum (tirando uma vez que à entrada dos Estados Unidos me fizeram uma “cavity search” e era só ver agentes da Imigração a rebolar a rir pelo chão)
  10. No momento da descolagem dêem a mão á pessoa que vai ao vosso lado mesmo que estejam com a palma toda suada e pegajosa. Esta técnica não resulta em 100% dos casos pois uma vez levei uma estalada de uma rapariga Eslovaca e outra dei a mão a uma prótese, pertença de um senhor que era um veterano da guerra do Afeganistão

4 comments:

rita maria josefina said...

cá para mim estás é a fugir á reperiga (sotaque tunisino) da menstruação (referida post abaixo)..........

Ervilha Escriba said...

Ate' podia ser pois ela tem um ar perigoso!

Bruno Taborda said...

Ó Ervilha: volta que estás peardoado ;-)

Anonymous said...

http://www.msn.com/ - [url=http://www.msn.com/]msn[/url] msn
msn