Saturday, July 14, 2007

Top Ten Medidas Urgentes Para Salvar o País (Ultra Simplex)


Ou o que uma ervilha tem de escrever para tentar que os seus leitores lhe deixem comentários...

Despenalização de todas as drogas e substâncias possíveis e imagináveis e aplicação de impostos similares aos do tabaco, cujas receitas devem, posteriormente, reverter para a construção de mais 10 grandes estádios de futebol, 2 pontes sobre o Tejo, TGVs, Aeroportos, 3 Expos e 7000 centros comerciais.

Penas de prisão efectiva para quem diga “esposa, esposo, quaisqueres, pírula, espilrro e traumatismo ucraniano”

Aborto obrigatório. Caso isto não seja possível após 10 referendos, eutanásia obrigatória. Na remota possibilidade de isto também não se vir a concretizar, atribuição de um subsídio de suicído (SubSid) a fundo perdido no valor nominal de 1000 euros, limpos de impostos, e com a garantia adicional de se aparecer na televisão num qualquer programa da manhã ou da tarde de qualquer um dos canais generalistas.

Baixar o IVA dos Discos, DVDs, CDs e K7 pirata de 21 para 5%

Erradicação de todas as religiões e seitas, em especial dos escuteiros e do PNR. Acabar com todos os feriados de índole religiosa e, se necessário para evitar motins, substítui-los por outros de carácter pagão. Sugestão: 30 de Fevereiro – Comemoração do final da licenciatura, mestrado, doutoramento e pós-doutoramento do Ervilha Albicastrense.

Coroar Alberto João como Imperador das Desertas e conceder-lhe a independência imediata e irreversível.

Deixar os homossexuais, lésbicas e transgender fazerem tudo aquilo a que tem direito (casar, adoptar, divorciar, ter batalhas judiciais pelas heranças e pela jurisdição das criancinhas) desde que depois não se queixem e se lembrem que nós bem avisámos.
Adicionalmente poderiam comprometer-se a colonizar os bairros degradados das nossas cidades, recuperá-los, dinamizá-los e embelezá-los com muitas bandeirinhas coloridas e/ou com a cara do Scolari durante as fases finais de Europeus e Mundiais.

Obrigatoriedade, de todos aqueles cujo trabalho envolva atender o grande público, de se encharcarem em anti-depressivos e ansiolíticos por forma a que os índices de satisfação da população disparem para a estratosfera.

Possibilidade de descontar no IRS despesas de educação com os animais domésticos ascendentes, descendentes e colaterais até 2º grau.

Acabar com o segredo de justiça, a prisão preventiva e a prisão de ventre. Em alternativa proponho a prisão domiciliária em casa dos sogros e pulseiras electrónicas de marca, concebidas pelos melhores designers do país (desculpa lá Fátima Lopes!) e com uma selecção de cores vasta de modo a poderem combinar com os telemóveis. Distribuir chá Bekunis gratuitamente à população.

Isenção de IVA para bens de primeira necessidade como por exemplo: tudo o que seja feito de látex, preservativos de mentol, lubrificantes que não ardam nem cheirem a brise ou insecticida, dildos e vibradores e suas fontes de alimentação (pilhas, baterias e pequenos geradores a diesel para fogos até 5000 habitantes), pornografia em geral, geriátrica em particular.

Restruturação do conceito de serviço público televisivo com todas as RTP a transmitirem futebol 24 horas por dia, 7 dias por semana. Consequente extinção da Sport TV, Eurosport, ESPN e de todas as outras modalidades, ditas amadoras, com especial destaque para o futsal e o futebol de praia que me enervam ainda mais que os escuteiros.

Recriação de uma espécie de “Mocidade Portuguesa”, desta feita com uniformes da Zara, onde as crianças e adolescentes aprenderiam a ser minimamente educadas outra vez, sob pena de a) serem doadas a casais homossexuais b) irem povoar as Desertas sob a supervisão do tio Alberto c) terem de ler a obra completa da Clara Pinto Correia, incluíndo plágios (esta última punição só seria aplicada de forma excepcional nos casos muito graves e exigiria uma maioria qualificada de dois terços na Assembleia da República)

PS: Caso se interroguem, a fotografia que ilustra este post é de um dildo de titânio dourado adornado por pequenos brilhantes. Pode ir à máquina da loiça, é hipo-alérgico e suficientemente discreto para estar em exposição na sala de jantar.
Não querendo puxar a brasa à minha sardinha, sou o importador exclusivo para Portugal deste modelo e posso ser contactado em ervilh(abóbora)gmail(pontofinal)com

1 comment:

Amaryllis said...

Interesting to know.