Tuesday, September 18, 2007

Holocausto


Com este post aproveito para matar dois coelhos com uma cajadada. No questionário “O que é que mais desejam a seguir?” venceu a opção “Cenas Sérias (só para ver se consegues)”. Ora bem, em vez de fazer a habitual Análise de Resultados, optei por escrever um pequeno ensaio formal sobre algo que, ultimamente, tem atormentado a minha existência: a falta de pêlo generalizada.

Definição: Os Mamíferos (Classe: Mammalia) são animais vertebrados que se caracterizam pela presença de glândulas mamárias nas fêmeas e a presença de pêlos e cabelos. São animais homeotérmicos, i.e., de “sangue quente”.

Apesar de ser um Ervilha, estou em permanente contacto com o meu lado animal. Como tal, gosto de fêmeas com sangue latino a ferver, de glândulas mamárias de qualquer dimensão ou feitio (grande novidade) e, claro está, da bela "pelúncia", em especial, da do triângulo desejado.

Não percebo, por muito que me tentem explicar, a moda da rapadela total, do corte radical, da aparadela extrema. Tenho a certeza que daqui a umas décadas se vai olhar para trás e sorrir, tal como o fazemos agora em relação às calças boca de sino, às pulseiras Tucson e ao facto de Pedro Santana Lopes ter sido Primeiro Ministro.

Imaginem os vossos netos a perguntarem-vos “Ó avó, tu rapavas o pipi?” e depois desatarem a rir compulsivamente, enquanto vocês esbracejam embaraçadas e tentam justificar o indefensável “Mas toda a gente fazia o mesmo!”.

Pois é avó, gastaste rios de dinheiro, submeteste-te a dores atrozes de forma voluntária, consumiste-te em preocupações fúteis, perdeste tempo valioso, para quê? Foi por causa disso que o avô te quis? “Ah, não, ele nunca ligou nenhuma a isso”.



Dos diversos argumentos peregrinos em favor da depilação estilo “Solução Final/ O Holocausto do Pintelho” há seis que dão a cara frequentemente. São eles moda, religião, tradição, melhorias no sexo oral, aparência e higiene.

Comecemos pela Religião. O Islão, naturalmente, ou para que não haja confusões, uma parcela dele. Neste caso acho aceitável, pois as consequências de não o fazerem podem ser desastrosas. Tem a desvantagem de terem de tomar banho na praia de burca. O facto de os terroristas suicidas se depilarem por completo antes dos atentados também não é suficiente para vos fazer pensar duas vezes, pois não?

A Tradição ultrapassa-me. Tenho muitas dúvidas que em Portugal alguém descenda de uma família de depiladores em série. Vigaristas, sim, coitadinhos, muitos, ignorantes, aos magotes, religiosos, mais que as mães, intolerantes, às resmas, mas de depiladores, não me parece.

Higiene. Poupem-me! A menos que andem constatemente acometidas de invasões de Phthirus pubis, e nesse caso aconselho-vos a repensarem seriamente a vossa vida sexual, não vejo razão para tal. Estamos em 2007, há tampões com aplicador, há pensos tão finos quanto um cartão de crédito, já não estamos a falar de fraldas de pano e de pensos higiénicos mais grossos que as páginas amarelas...

Aparência. Esta mata-me! Sendo certo que os gostos não se discutem, parece-me que o adjectivo “bonita” não será decerto o primeiro que vem à mente das pessoas quando olham para um pipi glabro. Para quê estragar a vantagem que vos foi concedida pela Mãe Natureza de não ter de andar de genitais completamente à vista como nós, os machos de penduricalho?
Custa-me mesmo a compreender como é que uma coisa que teve a sua origem na indústria de filmes para adultos penetrou de forma tão profunda nos hábitos culturais do Mundo Ocidental. Afinal de contas, as mulheres nem consomem pornografia, pois não?
Pessoalmente, também me desgosta olhar para um pipi calvo pois é inevitável não fazer a associação de tal visão com actividades pedófilas. E, para um Ervilha decente, isso é pior que um duche frio, é um autentico banho de gelo.

Melhoria do Sexo Oral. Lamento, mas, até hoje, devem ter tido muito azar na vida. Se os vossos parceiros(as) se perdem na selva, façam-lhes um croqui. Falem, expliquem, instruam, digam o que gostam e querem, não é preciso rapar tudo. Os clítoris que conheci, são em geral tão sensíveis que a espaços até pode ser doloroso. Ainda querem exponeciar isso? Enfim, se calhar sou eu que sou bruto. Ou mesmo bom.

Moda ou por exclusão de partes, a única explicação possível. Como as Crocks, as unhas de gel e os óculos de sol do tamanho de painéis solares. Pode ser que seja nuvem passageira que com o tempo se vá...


Ervi, em treinos, para quando a moda passar


PS: Um imenso obrigado à B, à MJ e à DF que não se importaram de me deixar olhar para onde o sol não bronzeia.

PS2: Apesar de me ter dirigido em exclusivo às Senhoras durante todo o texto, acho a depilação genital no homem ainda mais absurda

PS3: Eu sei que este foi o meu texto sério, mas não resisto a escrever uma das minhas palavras favoritas e penso que dificilmente terei hipótese de o fazer de forma mais apropriada: Viva a Pintelheira! Long May It Live!

9 comments:

SF said...

Então e os coisinhos que se alojam no meio dos dentes ou, pior, que deslizam até à glote quando menos se espera? Vais dizer que nunca te aconteceu?
E olha que não defendo a rapadela integral, há anos (7) que luto contra isso, mas concordo que este pode ser um inconveniente... o único!

Anonymous said...

"Holocausto do Pintelho" é coisa para Nobel da Literatura!

Um abraço

JS

Kitty said...

Ervilhinha tu esmeraste-te a escrever este post. :-D

Tb não sou adepta de rapadelas totais. Esteticamente acho que não fica nada bem. Da mesma maneira q tb n gosto de selvas amazónicas. O ideal será o triângulo das bermudas. :-D

Bom, nos homens então... concordo ctg. Acho a depilação genital masculina ainda mais absurda, mas... convém uma aparadela de vez em quando!! :-D

Anonymous said...

Bonita foto, a primeira! Belas mãos! Belos cabelos!
Serão as primeiras da SN e as segundas do PMT?

Quanto À terceira foto........: muito bem legendada!
:D
mhmalhoa

Poisoned Apple said...

Tomara que faças nós que nem com amaciador de cabelo desembaraçam! Não negues à partida uma realidade que desconheces. E não digas "conheço sim", és um adolescente! Não tiveste tempo para isso! :P

Ervilha Escriba said...

SF,

Não me digas que depois de uma sessão animada com o respectivo(a) não achas agradável chegar, por exemplo, ao emprego e sair-te um encaracoladinho da boca...

Eu por mim, tudo o que me faça sorrir e pensar em pipis é uma força positiva na minha erVIDA.


Caro Zé Saramago,

Vindo de si, só tenho que lhe agradecer honrado. Cumprimentos à Pilar.


Kitty,

The Bermuda Triangle is where seamen disappear!!! :D

Uma aparadela? Ahaha. Só se fosse enquanto brincava às cabeleireiras/ esteticistas (ser sempre aos médicos também enjoa)


MHmalhoa,

De facto com a primeira foto foi amor à primeira vista (eu e as mãos de senhora...)

Com a segunda também, mas num registo já mais carnal

Quem é o PMT ? :P


Manzanita,

Nós? Ahahaha. Não me parece possível, tenho o cabelo liso...

Confesso que já pus amaciador mas só porque sou muito macho /adolescente/ preguiçoso/ porco e só uso um produto no duche, para ser mais preciso o primeiro que apanhar à mão seja ele gel de banho, sabonete, shampoo, amaciador, esfoliante e até óleo Johnson para bébé (uma vez até tive um pequeno acidente com o CIF...)

Pôr amaciador de forma premeditada com intuitos desembaraçantes é para lá de Gay...

De qualquer modo, achas que ainda vou a tempo?


beijinhos para todas vós,

Ervi, o que já "pinta"

Constança said...

Vá lá! Alguém com bom senso! É que se armam em bebés, juntam colónias de germes e ainda passam quase a paixão de cristo para arrancar nas partes mais complicadinhas! Tirar sim, tudo não!

Beijinho.

Poisoned Apple said...

Retiro o que disse. Não gosto da ruiva. Púbis demasiado alta, quase nos seios.

Ervilha Escriba said...

Constança,

Excelente resumo!
Já o inverso(?) "enfiar sim, tudo não" daria pano para mangas...:D

Poisoned,

Use os óculos quando lê o Ervilhas, evitaria cair em algumas (todas não, isso é impossível) contradições de menina...:P

Ervi