Sunday, September 9, 2007

Top Ten Coisas Que Nunca Contei a Ninguém Pois Não Têm Interesse Nenhum


Engasgo-me com a pasta dos dentes com uma frequência preocupante. Embora não o faça por opção e já me tenham explicado várias vezes que não é para engolir, a verdade é que quando acordo é-me humanamente impossível concentrar. As boas notícias são que lavo os dentes, as más que devo ser deficiente.

Fui eu que surripiei os vinte escudos do porquinho mealheiro da minha irmã e não a Dona Dina, a mulher a dias, que foi despedida na sequência desse evento. É que eu precisava mesmo daquela bisnaga...

Assustei-me imenso quando tive o meu primeiro Orgasmo. Apesar de não ter idade para ter um enfarte de miocárdio pois isto aconteceu-me na semana passada, pensei mesmo que estava a ter um AVC e que a Senhora da Foice tinha vindo para mim. Claro que não tive medo suficiente que me impedisse de repetir a dose cinco minutos depois (Nota da Débora F. : 5 minutos? Conta-me histórias, isso querias tu!)

Fui eu que cunhei o termo “Tusa Lusa”, mas infelizmente não tive, na altura, a clarividência de registar a obra na SPA.

Recentemente, tive um crush televisivo adolescente pela Susana André, antiga pivot de informação da SIC Notícias. Seria muito mais fácil ter tido um crush por uma apresentadora de reality shows ou de programas de variedades pois no noticiário estão sempre a interromper para dar genocídios, bombistas sodomitas e a cara do George Bush, o que dificulta imenso a pessoa concentrar-se na sua fantasia em exclusivo.

Detesto ervilhas, detesto.

Pensava que o refrão da canção do José Cid “Um Grande, Grande Amor” era assim: “Addio, Adieu, Aufwiedersehen, Goodbye, Amore, Amour, MANUELITA, Love of My Life”. Escusado seria dizer que passei anos à procura da minha Manela, da minha Nélinha até ao dia em que ouvi o “I’m Like a Bird” na rádio, quando ia de carro a caminho de uma aula no Instituto Alemão.

Fui Comunista em 1974. O PCP tinha de longe o símbolo mais giro de todos e o vermelho sempre me tocou a alma. A foice e o martelo nada tinham a ver comigo, mas talvez por isso o fascínio era ainda maior. As canções e as músicas também eram, sem dúvida, as melhores.
A brincadeira acabou-se quando a minha mãe descobriu. Explicou-me logo tudo de os malvados Soviéticos comerem as criancinhas e que seria melhor eu ser do PPM. Mais tarde, quando o Sting editou o tema “Russians” confirmei que era verdade, pois se não eram todos os Soviéticos pelo menos os russos comiam as suas crianças. (Nota da DF: Ervi, piadas rebuscadas de pedófilia, mais não, por favor)

Fui eu e o F. que telefonámos para o Liceu, no dia da Prova Global de Matemática, a dizer que havia uma bomba pois não tínhamos estudado absolutamente nada.

Nunca tive mais de seis namoradas ao mesmo tempo. Há que ser humilde e reconhecer os nossos limites. Sou uma Ervilha, não sou um Polvo e muito menos uma centopeia. Em abono da verdade também nunca dormi com mais de três fêmeas em simultâneo (Kitty, este bocadinho era para si). Isso é canja, qualquer um consegue, difícil seria ter estado acordado. Bem, para dizer a verdade, foram quatro, se contar com a gata...
Não podiam ser sete namoradas, como a “criada lá de cima”, porque os domingos eram sagrados, nada de poucas vergonhas, serviam para ir à Missa e ouvir a bola na Antena 1 às 15h em ponto no meu rádio transístor, ou no carro com o meu pai, caso um de nós tivesse feito merda e a minha mãe estivesse de mau humor.

6 comments:

Cat said...

Aposto que o "Detesto ervilhas" foi para gerar confusão!!! ;)

Ervilha Escriba said...

Ou então é a única "entrada" que é verdadeira!

Kitty said...

Nunca tiveste mais de seis namoradas ao mesmo tempo? A julgar pela foto imaginava-te um verdadeiro D. Juan!! :-D

MANUELITA said...

amor, tou aqui!!

Ervilha Escriba said...

Manuelita,

Por onde andaste? Saíste para comprar pão há 27 anos e nunca mais voltaste...

Ainda moro no modesto primeiro andar a contar vindo do céu....

Vem ter comigo por favor (e não te esqueças que era um pão de mafra e três carcaças)

Ervi

Ervilha Escriba said...

Kitty,

LOL

Mas olha que nós, as Ervilhas, somos sérias! A nossa Bíblia diz meia dúzia e como tal das seis não passa...

Don Ervi de Marco