Tuesday, March 18, 2008

Portugal NeoNazi VII

A saga da privação das liberdades individuais continua. O Estado Português pensa que pode fazer de ama-seca e decidir o que é melhor para cada um de nós. Pensa que é legítimo legislar sobre comportamentos e que tem o dever de proteger os seus cidadãos de coisas que ele (Estado) decide que são nocivas e perniciosas. Já não falta muito para andarem aí a queimar livros subversivos, a prender bloggers inimigos do estado e a deportar os perigosos terroristas dos piercings.

Tudo isto vem a propósito do novo projecto-lei do PS que pretende proibir “piercings na língua, na boca e na proximidade de vasos sanguíneos, de nervos e de músculos, o que inclui, por exemplo, os órgãos genitais”. Como se isto não fosse suficientemente hilariante, o iluminado autor da proposta acrescenta “quem tiver menos de 18 anos não vai poder colocar piercings, tatuagens e maquilhagem permanente mesmo que os pais autorizem.”

E o povo é sereno. Estes ataques sistemáticos às minorias, estes atentados ao bom senso, acontecem sem ondas de maior. Mesmo quando há vagalhões do tamanho da manifestação dos professores parece não fazer a mínima diferença, o autismo do poder não quer saber. Para quê? A maioria vota sempre como sempre votou, como se os partidos fossem os clubes de futebol do coração. A maioria confunde gostos pessoais com direitos individuais. A maioria nem sabe o que um piercing é.

Mas nós, os diferenciados opinadores de alguidar, sabemos. E já vimos este filme. E lembramo-nos da História. E sentimos que lá por a filha adolescente de um(a) Senhor(a) Deputado(a) ter aparecido em casa de c**a furada, que isso não é razão suficiente, nem legítima, para nos dizerem o que podemos ou não podemos furar. Onde, como, quando e sempre que assim o desejarmos.

4 comments:

Bruxita said...

FOUDA-SE! Era só que me faltava....isto se eu não leio os blogs não sei nada do que se passa....Tirar os piercings? FODA-SE mas esse gajo tá louco ou quê? Eu tenho e NÃO TIRO. Era só o que faltava HAHAHAhahahahh fouda-se. Há coisas MESMO fantásticas não há? Este país tá louco

Clepsydra said...

Por momentos, pareceu-me vislumbrar um lampejo de consciência política e social ervílhico... Depois, respirei fundo e percebi. Afinal, é só medo estratégico que esta lei empurre a população lolítica para terras de Espanha para furar o que bem entenda :)

Ervilha Escriba said...

Bruxita: Felizmente ainda é anti-constitucional as leis terem efeitos retroactivos. Mas com jeitinho eles vão lá! É preciso ter fé, ahahah

Clepsydra: Sou um livro aberto, as minhas motivações são sempre nobres, altruístas e coerentes, heheheh.
Na prática não vai fazer diferença, em vez de se ir abortar a Badajoz vai-se fazer piercings e tatuagens...

Ervi

cbaBDS said...

bem, é por e por outras que passam leis como a do tabaco.
Já a malta ser atropelado numa passadeira por um gajo com os copos, não faz mal, pois ele figiu porque tinha medo de multidões, mas pode continuar a conduzir, para isso aínda não se pensou numa legislação.
Agora se a malta quer espetar coisas na c**a ou outros sitios isso é lá com quem quiser, à alguns pircings na lingua que são inclusivé muito nteressantes.
Deixo aqui o meu apoio incondicional a quem o quiser fazer.
Claro a BDS se um dia pensar nisso vai haver tempestade, He! He! He!

Um abraço