Friday, January 23, 2009

A Assimetria

Ervi na Baviera, Setembro de 1973

Sempre achei que era do meu cheiro e, em muito menor escala, de ser parvo. Nunca me questionei a sério sobre o assunto porque não me quis pôr a jeito para desencadear a ira de Deus e perder este dom. Em Ervilha que ganha não se mexe, nem sequer em tronco nu e com longas luvas de cetim. Nada de dúvidas existenciais, idades dos porquês ou filosofias da farinha amparo. Se o rabo está voltado para a lua é dar-lhe umas tapinhas com a mão em forma de concha e deixá-lo estar. Não respira, não agoira e tudo corre com a fluidez habitual.

Aqui no Ervilhas não há cheiros. Quer dizer, até vos poderá cheirar a esturro, a arroz malandrim ou a serial womanizer, mas nada disso é suficiente para justificar a marcada assimetria de género dos visitantes: 80% de Senhoras, 19% de gajos e 1% de Alf. O que será então? A curiosidade mórbida pelo Dark Side of the Pea? A convicção de que me metiam nos eixos? A crença de que se faço rir não posso ser assim tão mau quanto isso? O mito de que a Ervilha que ladra não morde? Ou uma atracção fatal pelo submundo dos legumes?

20 comments:

Veruska said...

No meu caso, confesso que o meu traz até aqui é mesmo o gosto pelas ervilhas, sobretudo as estufadas! :)

Alf said...

Eu sou o terceiro sexo? Certo.

Mr X said...

Ahhhh, mas todas as mulheres, secretamente e não, querem agarrar num homem que até diz mal dele próprio. É uma questão maternal, quase afectuosa, que às vezes até passa pela sexual (durante um pequeno periodo temporal).
Essa vontade é conhecida milenarmente.
Não há mesmo nada a fazer. A não ser o que elas gostam...
Olha, vai dar um House.
Tchau.

Mad said...

Estás a perguntar ao Alf, certo?

Mr X said...

Huhum... só para te dizer que tens um contador lá no tasco dedicado inteiramente ao teu número recordista.

maria teresa said...

No meu caso é a atracção pelo submundo das leguminosas.

Bj

Ana. said...

No meu caso é a esperança de um dia chegar aqui e cheirar-me a ervilhas com chouriço e ovos escalfados!

;)

Majo said...

O que eu gosto de legumes... e ervilhas! ;)

nagareboshi said...

se calhar venho cá pelo mesmo motivo que a ana mas substituía o chouriço por Bacon e umas febrasinhas de porco cortadas aos pedaços...

PKB said...

Uma atracção fatal pelo submundo dos legumes :p) ehehehe

PrimaNocte said...

Já te disse que és o maior?

Abraço from Mozambique. ( onde não há ervilhas... )

Anonymous said...

Olha...a mim fazes-me rir. E muito.

E é só por isso que volto sempre.

Beijinhos :)
Isabel

Z said...

tens um desafio no meu canto, para te ires okupando :P

beijinhos

M. said...

Sendo sincera...no meu caso deve ser mesmo estupidez natural! lol

cba BDS said...

volto a dizer que se tornou um vicio, uma forma de ultrapassar males, maleitas e problemas mentais (se os temos, pioram).
Agora parecia um vendedor de banha da cobra...
Não deixa de ser engraçada a ideia da Ana, pois se calhar qualquer um de nós gostaria que viesse além de muita e boa "estória", aparecesse um cheirinho ou se não for possivel pelo menos uma musiquinha de fundo para criar ambiente
"you're de best" dizia a Tina e era dedicado a ti Mr. Pea
um abraço

DcOric said...

Olá

Muito cool o Ervilhas Albinas aceitas parceria com

http://osgugas.blogspot.com/

Abraço
DCoric

S.Tear said...

eu gosto de ervilhas! :)

hershinha said...

eu gosto de ver os bonecos!

Patalógica said...

eu nem como ervilhas...
apenas gosto de gajos ordinarotes!;)

Mente Quase Perigosa said...

Olha, eu vim por acaso mas agora fizeste-me rir e vou voltar. Gosto de homens que fazem o tipo daqueles que a minha mãe me mandou passar sempre ao largo!

BJ