Sunday, August 12, 2007

Tara Perdida


Desalinhada, uma pária

Sou uma Tara Perdida

Amante do lítio diária

Partida, Largada, Fugida

Amo o meu Diazepam

Salve Benzodiazepinas

Overdose de Alprazolam

No Cú das meninas rabinas

Procuro nas jovens Coninhas

Inocência de quem não sofreu

E naquele odor de doninhas

Menos bagagem que eu

Naquelas Mamas retesadas

Encontro pausas sagradas

Até solto gargalhadas

Durante as entremeadas

No Ventre de outra mulher

Busco mistérios escoados de ti

Mas ao adormecer em colher

Admiro-me porque parti

Quando me venho até esqueço

Infância(s) que Deus me deu

Das vezes que não adormeço

Sempre penso no que sou Eu

Diferente, Tresmalhada

Sou uma Tara Perdida

Ausente, Aparvalhada

Partida Largarta Fodida

4 comments:

miss Arion said...

Caro Ervilha encontrou uma colaboradora à sua altura. Cuide-se que a aluna pode ultrapassar o mestre.Parabéns Débora a menina é uma fantááááástica escriba e tem em mim, para já uma fã da sua poesia

Anonymous said...

Uau. Misturar dEUS e coninhas não é facil. E a rimar.... Uau!

JEF the FREY

GK said...

Brutal! LOL
Obrigada pela visita.
E, em resposta, vou ver se COMPRO a banda sonora do "Almost Famous". ;)
Boa semana.

喜洋洋 said...

高雄縣徵信商業同業公會
南部徵信聯盟
外遇觀測站
大愛離婚諮詢網
離婚大剖析
大愛徵信有限公司
尋人專家徵信服務網
女人徵信公司
華陀徵信
離婚協助中心
跟蹤蒐證徵信器材網
抓姦觀測
大愛徵信
溫馨徵信
成功徵信社