Wednesday, January 16, 2008

Vampirella em 4-3-2-1

Sempre soube que serias

Melhor para diferente

Soube sempre que querias

Algo de toda a gente


Poderia ter sido amor

Ter sido poder podia

A própria alma diria


Mas isso não te bastava

P'ra sugar a vida em mim


Para isso usaste a cona, vezes e vezes sem fim