Friday, August 10, 2007

Top Ten Conselhos do Tio Ervi para um Blog de Sucesso


Escolhe um nome escaganifobético para o blogue. “O Amor É Maravilhoso”, “Sexo Na Banheira É Bom” ou “Glorioso SLB” não servem. Se não tens ideia nenhuma, rouba uma daqui. Se não sabes o que “escaganifobético” significa é porque nasceste depois de 1985 e não tens idade para estar a ler este blogue e muito menos para dares um à luz.

Ortografia, Gramática e outra cenas que tais não foram inventadas só para nos arreliar e fazer sentir confusos. Comunicar numa língua que as outras pessoas, para além do teu núcleo duro de amigos, percebam é essencial. Kerer kumnikar axim entra na categoria de melhores ideias peregrinas de sempre (e pensar que tenho de confiar em alguns de vocês para, através da segurança social, me pagarem a pensão daqui a uns anos...).

Não sejam calões ao procurar fotografias/ imagens para ilustrar os vossos posts. Há triliões de boas imagens mesmo a pedir para serem roubadas no espaço cibério. O mesmo se aplica ao design da página, não inventem (“continentem”!), usem “templates” pré-concebidos por profissionais do ramo. Não se ponham com papéis de parede dos anos 70 que ferem a vista e a escrever com caracteres castanhos sobre fundo preto.

Não usem palavrões de forma gratuita, a menos que sejam do Norte e essa seja a vossa forma genuína de se expressarem. Chamem-me antiquado, mas se forem do sexo feminino este conselho torna-se ainda mais crucial. O palavrão, em especial aquele puro e duro, deve ser usado com moderação, como se fosse um tempero, uma pitada de sal, de forma a maximizar o sabor daquilo que têm para dizer. Foda-se, um gajo tem de explicar tudo!

Chaguem as pessoas que conhecem até à exaustão para vos visitarem e passarem a palavra (ver a excepção a esta regra no último conselho). O meu blogue isto, o meu blogue aquilo, o meu blogue disse “papá”, o meu blogue é o menino mai lindo e inteligente (e não digo isto por ser o meu), o meu blogue já gatinha, o meu blogue dá umas bufas tão mal-cheirosas, o meu blogue deu cabo dos mamilos à minha mulher, o meu blogue provocou-me uma depressão pós-post, etc. Se isto não resultar, vão a casa das pessoas sob falsos pretextos e obriguem-nas a uma visita guiada forçada. Comigo tem resultado, mas também, este blogue é tããão bonito!

Não contem a vossa vida toda no blogue, nem sequer metade. Se tudo o que de emocionante que vos aconteceu hoje foi ter uma unha encravada, vão à pedicure/ calista pela manhã. Por amor de Deus, não escrevam um post sobre isso pois ninguém se interessa, nem mesmo no caso de se chamarem Paris Hilton. Se não tem nada de interessante para dizer mas apetece-vos comunicar com outro ser humano telefonem para o S.O.S. Voz Amiga.

Se quiserem ter muitos visitantes escrevam um parágrafo repleto de palavras sumarentas para apanharem todos os tarados do país e arredores que antigamente rondavam as escolas secundárias mas agora usam os motores de busca: Vulva Clítoris Escroto Monte de Vénus Camisa Cameltoe Free Picture Agorafilia Anilingus Ben-wa Balls Ninfomania Clareamento Anal Gerontofilia Safismo Pompoarismo Hímen Faloplastia Bukkake Períneo Ferrero Rocher Creampie Ervilha Libertina.

Caso não seja o suficiente apostem nos PALOPs, em especial no Brasil: Boceta Pinguelinho Rapariga Trepar Pinto Cunilíngua Boneca Inflável Flerte Viado Blica Acabadura. (Os mais “à frente” de entre vós já perceberam que eu estou só a preparar terreno para o meu “segundo top de visitas ao Ervilhas por engano”...)

Tentem não afunilar a temática do vosso blogue. Por muito interessantes que as marcas de baquetes utilizadas pelos bateristas das bandas punk portuguesas dos anos 80 ou os diferentes tipos de rituais de acasalamento dos escorpiões da Ásia Menor possam ser, a verdade, nua e crua, é que despertam a curiosidade de muito pouca gente. Ora, se já fazem parte de uma minoria que sabe ler, escrever, ir à internet e seguir instruçoes em língua estrangeira, para quê limitarem ainda mais o, já restrito, número de potenciais leitores? (É mesmo verdade, sou sulista, elitista, liberal e albinista)

Nunca informem a vossa mãe a) que têm um blogue b) o que é um blogue c) como aceder à internet d) qual o endereço do blogue e) como deixar comentários. Olhem que quem vos "ervilisa" vosso amigo é...

6 comments:

Anonymous said...

A menina evi é mazinha, mazinha,mazinha e contradiz-se, ora querer que a visitem, ora põe restrições. Veja lá se decide o que quer ou fica sem "ouvintes"

Poisoned Apple said...

Guisante,

lamento nunca ter reparado no cabeçalho com rigor. Também, lamento que sejas continuamente confundido com uma menina. Quando começaste a visitar o meu blogue, soube imediatamente o que trazias entre as pernas :)

Ervilha Escriba said...

Cara Poisoned,

Muito obrigado pela visita. A pessoa que deixou o comentário antes de ti é mesmo a minha MÃE, biológica e tudo, só que estava de birra fingida por eu fazer pouco dela no post...

Uma vez que passou muitos anos a chamar-me Pilinhas (senhoras não se entusiasmem, só tenho uma) não há qualquer tipo de confusão da parte dela!

Ervi Macho

Anonymous said...

Deliciosos, os comentários da Mãe Ervi (vulgo, vagem).
;-)
Gostei das indicações para Blog.Soubesse eu escrever como tu...
kisses
mhmalhoa

Ervilha Escriba said...

Olá mhmalhoa,

Gosto sempre muito de a ver por aqui!

Quando quiser combinar qualquer coisa diga e eu conto-lhe toda a verdade sobre a Francesa...
beijos,

Ervi

TT said...

Tenho uma fâ, tenho uma fã!Parecem os versos da Maria Alberta Méneres,"O doutor e a Flor", lembraste?
Obrigada mhmalhoa, ainda bem que acha os meus comentários deliciosos,ainda não "viu" nada,vou procurar deliciá-la mais porque quem "o meu menino gaba amim me orgulha" (saiu uma frase um pouco estranha mas é assim mesmo)Bj para ambos